Temperatura

por cri — publicado 30/11/2015 11h34, última modificação 30/11/2015 11h34
2015 pode ser o ano mais quente já registrado, alerta a ONU.

A Organização Meteorológica Mundial, OMM, afirmou que a temperatura média da superfície global em 2015, deve ser a mais quente já registrada e atingir o marco simbólico e significativo de 1°C acima da época pré-industrial. Segundo a agência da ONU, as razões são a combinação de um El Niño forte e o aquecimento global induzido por humanos.

Clima Extremo: Os anos entre 2011 e 2015 devem representar o período de cinco anos mais quente já registrado, com diversos eventos climáticos extremos, especialmente ondas de calor. De acordo com a OMM, isto é influenciado pela mudança climática. Segundo a agência, o estado do clima global em 2015 será histórico por diversas razões, e os índices de gases que causam o efeito estufa na atmosfera chegaram a novos máximos na primavera do hemisfério norte em 2015.

Escolhas: As temperaturas nas superfícies dos oceanos estão em seus níveis mais altos já registrados. O chefe da agência afirmou que as emissões de gases de efeito estufa, que estão causando a mudança climática, podem ser controlados e que o mundo tem o conhecimento e as ferramentas para agir. Para ele, esta geração “tem uma escolha e as futuras não terão”.

El Niño: Além disso, um “El Niño poderoso, que ainda está ganhando força”. O fenômeno climático estaria “influenciando padrões climáticos em muitas partes do mundo e causou um outubro excepcionalmente quente”. Sendo que os impactos de aquecimento do El Niño devem continuar em 2016.

De forma consistente com impactos típicos do fenômeno, grandes áreas da América Central e do Caribe registraram chuvas abaixo da média. No Brasil, o ano começou com secas em áreas ao sul e leste do país, que depois foram para o norte, com chuvas escassas durante a temporada de seca na Amazônia.

COP 21: A OMM publicou sua previsão sobre o estado do clima este ano e uma análise adicional para o período entre 2011 e 2015 para informar as negociações na Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas, conhecida como COP 21.

Uma estimativa preliminar, baseada em dados de janeiro a outubro, mostra que a temperatura média da superfície global até o momento em 2015 foi 0,73º C maior que entre 1961 e 1990 e cerca de 1ºC acima do período pré-industrial, entre 1880-1899.

Fontes: Agência Brasil/Portal EBC - http://www.ebc.com.br. Foto: Imagem da Internet.